Se não for para ser assim, eu não quero. E você?

Esta semana trazemos este texto delicioso de ler, escrito pela Thais, que além de ser o que muitos de nós passa por dentro são também palavras lindas de transformação e autoconhecimento Queremos muito saber, nos comentários, como é sua experiência.

Se não para ser assim, eu não quero. E você?

Gostaria de compartilhar com vocês, um pouquinho da grande mudança que ocorreu desde a minha primeira foto premiada pelo Outstanding Maternity Award. Isso aconteceu há quase dois anos, num momento em que eu almejava por mudanças na minha fotografia, mas não sabia muito bem como e por onde começar. Confesso que atrelado à Premiação, veio aquele grito preso na garganta pela busca incessante de um lugar ao sol, afinal sabemos o quanto o mercado fotográfico é agressivo.

Eu não esperava por aprovações de nenhum gênero, eu queria apenas que a fotografia continuasse sendo meu ofício entrelaçado à minha paixão. Ao longo desses dois anos, meu trabalho ia bem, com a agenda cheia, com clientes satisfeitos, mas a busca por algo maior ainda continuava.

O fato curioso é que hoje eu tenho 06 premiações pelo Outstanding Maternity Award, onde 5 delas são fotos do meu filho e antes que você conclua o seu pensamento:

Na verdade, com a falta de tempo, com excesso de trabalho e com coisas desnecessárias na cabeça, eu acabava buscando por mudança externa e não percebia que a mudança precisava ser de dentro para fora. Em cada nova premiação, eu não compreendia que as fotos selecionadas eram de momentos verdadeiros, vividos com meu filho. Momentos que eu era tão somente eu ligada à essência dele, momentos em que eu ensinava e aprendia com ele, onde além da sincronia, existia a troca. Ora, se eu conheço meu filho melhor do que qualquer outra pessoa, se eu sinto as dores dele e compreendo o emocional dele, a maneira como nos conectamos, seria fundamental para que a minha verdade fosse vista e absorvida através da fotografia.

Não existe fórmula secreta ou modismo que vá te levar longe ou muito menos te manter no auge. Quem você realmente é, lá no fundinho da sua alma e a maneira como se conecta as pessoas é que poderá fazer com que sua verdade seja vista e absorvida através do seu trabalho. Você não precisa pensar igual ou fazer as mesmas coisas que as pessoas que você admira fazem, o importante é a troca de experiência, os sentimentos captados e os valores agregados à sua essência.

Um pouquinho de nós pode fazer enorme diferença na vida de alguém. E um pouquinho de todos nós, fará enorme diferença no mundo porque no mundo que estamos vivendo hoje, a empatia talvez seja a resposta para muitas coisas, inclusive para a fotografia.

Eu não já não me importo com as pedras que serão lançadas no caminho, mas sim com os sentimentos que serão revelados de cada pessoa que eu conseguir me conectar… essa foi minha grande mudança. Às vezes passamos tanto tempo almejando o topo que nos esquecemos de aproveitar o caminho que estamos percorrendo.

Acredito que as recordações e os sentimentos definem nosso ser, aquilo que aprendemos e repassamos a fim de fazer o bem. Isto é o que deixaremos definitivamente registrado no mundo. Eu escolhi fazer isso através da fotografia, esse é o meu propósito. Gostaria muito de saber o seu. Conta para mim?

Texto e fotos: Thais Goulart

Site:
Thais Goulart – Flow Gallery


Instagram:
Aquele dia para sempre


Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para outstandingawards@gmail.com com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.

10 comentários em “Se não for para ser assim, eu não quero. E você?”

  1. Se não for para ser assim, eu também não quero! Compreendo perfeitamente tudo o que a querida amiga Thais Goulart descreveu no presente texto. Sou também uma profissional autônoma, atuo na área de Arquitetura e Paisagismo, e me esbarro nas mesmas dificuldades, expectativas e frustrações. Nessa incessante busca de inspirações e é onde muitas vezes perdemos o foco, o rumo e o prumo. A maioria dos meus clientes chegam até mim sempre com uma revista, ou algo que viu na internet, dizendo que querem o projeto deles “igual”. E isso é bem frustante!, mais eu sempre procuro fazer meus projetos e obras com ideias e estilos próprios, mais sempre encaixando a proposta que o cliente solicitou, e é bem difícil! Eu sei que é muito mais trabalhoso e arriscado elaborar projetos e acabamentos de materiais dentro de ideias e estilos próprios, mais acredito que é exatamente esse o desafio da profissão, é é isso que pode nôs tornar profissionais de verdade e diferenciados. Tenho 12 anos de profissão e o meu maior reconhecimento sempre será de superar as expectativas dos meus clientes e a minha própria.
    Aprendemos todos os dias com diversas pessoas, ideias, pensamentos, fotos, revistas e tudo isso é inspiração sim, mais aprendi que juntar tudo isso aliado uma identidade pessoal e ainda conseguir atender a necessidade do cliente é o diferencial em qualquer profissão. Focar no que você tem por dentro!
    Gostaria de parabenizar a Thais pela excelente profissional, com grande sensibilidade, dedicação, amor por aquilo que faz, e por nôs transmitir esse texto espetacular, você é uma grande inspiração para mim e para muita gente, tenho certeza!. Grande abraço, da amiga e admiradora ARQª Larissa Moliterno. 15/07/2019

    1. Uau Larissa, que depoimento incrível!! Amei, muito obrigada, é um privilégio vindo de você, uma pessoa fantástica e uma ótima profissional!!

  2. Que texto lindo, ela escreve com a alma! Parabenizo a Thais, pela incrível pessoa e profissional que é!

    1. Muito obrigada Letícia, por deixar a sua opinião!! Foi um imenso prazer conhecê-los e fotografá-los!!

  3. Olá Thais. Venho dizer com uma profunda alegria no coração (e um pouco mais de esperança desde que começamos a nos falar), palavras de uma futura fotógrafa hahaha, que além de admirar demais o seu trabalho, admiro você como pessoa. Por mais que te conheça muito pouco já tenho um carinho especial… por sempre colocar o seu máximo em cada desenho com luz, toda a sua energia positiva que é transmitida para nós por cada click seu.
    Obrigada por me inspirar com cada palavra, afinal, são palavras de quem é bem sucedido fazendo o que ama, e por ser sempre tão você ❤

    1. Ah Babi sua linda!! Você vai muito mais longe do que imagina e eu estarei sempre na torcida!! Muito obrigada pelo carinho e por acompanhar meu trabalho!!

  4. Entendo perfeitamente! ! Eu sou uma fã, admiradora do seu trabalho, tendo q eu nem chamo de trabalho e sim de amor. Como já lhe disse várias vezes , tudo q vc faz vem com amor . Eu q por várias vezes com minha auto estima baixa, mil pensamentos. E ai paaahh vc vêm e me puxou lá daquele fundo q eu estava , como se seu Flash fosse uma luz q me dissesse: ei amiga vc é linda !! Brillhedo seu jeito!!! (com a sua voz risonha) obrigada obrigada e obrigada por passar o q é o amor a maternidade, o prazer da amamentação e fazer de cada uma de nós nos sentirmos tão viva. Quero ser assim, fazer o q faço com amor!!!

    1. Ah Cintia que palavras lindas!! Me emocionei, muito obrigada viu!! E que a gente consiga sempre, espalhar coisas boas por aí né?! Bj enorme!!

  5. Ah Babi sua linda!! Você vai muito mais longe do que imagina e eu estarei sempre na torcida!! Muito obrigada pelo carinho e por acompanhar meu trabalho!!

  6. Thais Goulart, uma pessoa espetacular, super dedicada, detalhista, que ama o que faz e que se joga de corpo e alma!!! Então, só poderia ser assim!
    Tatá, você é demais!!!
    Nota mil!!!
    Parabéns pelo lindo trabalho e pelos prêmios super merecidos. Desejo que você tenho muuuiiito sucesso e que venham outros prêmios.
    Você é MARAVILHOSA!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *