Luciana Martins
Categorias:

Oportunidades em tempos de pandemia

A Lu, que já colaborou com 5 matérias anteriores para nosso Blog, foi juíza na Temporada 4 e tem suas fotos premiadas internacionalmente pelo Outstanding Maternity Award, traz essa semana mais um projeto incrível.
Sempre acreditamos no talento do fotógrafo brasileiro, no seu modo criativo de superar e se adaptar a novas situações.
Esta é o segundo artigo que mostra essa garra brasileira. A primeira foi do nosso amado Robson Nakamura.
Boa leitura e deixem seu comentário, pois, adoramos ouvir vocês. Ah! mais matérias da Lu, aqui.

Oportunidades em tempos de pandemia

Luciana Martins
Luciana Martins

Em tempos de distanciamento social, algo até então totalmente desconhecido por todos nós, somos atingidos em cheio pelo medo e insegurança física, mental e econômica. Raramente me entrego ou cruzo os braços. Após alguns dias vivendo e experimentando tantas sensações inexplicáveis, resolvi levantar a cabeça, pensar e focar nas possibilidades. Não aceitava ficar me queixando de tédio ou me vitimizando por ter tido uma agenda recheada de serviços cancelada do dia para a noite.

Entendido o cenário que se apresentava, comecei a traçar estratégias para seguir trabalhando. Aproveitei o momento para estudar. Ingressei na comunidade fotográfica Fotosfera, com diversos mentores e cerca de 200 profissionais envolvidos. Dediquei momentos do meu dia para aprender coisas novas e aperfeiçoar o que já vinha fazendo. Inicialmente implantei projetos que poderiam ser desenvolvidos remotamente, garantindo isolamento total. Fiquei mais de 40 dias sem sair de casa. Nesse período ofereci muitos produtos aos clientes, me dedicando em divulgação e posicionamento de marca. Implantei o serviço de Personal Photo Organizer, conquistando instantaneamente dezenas de pessoas pelo país. Não somente clientes, mas muitos colegas de profissão que me procuraram buscando entender do que se tratava.

Luciana Martins
Luciana Martins

Ampliando meu mix de serviços e produtos, aproveitei esse precioso momento em casa, revisei e atualizei todo meu site, dedicando parte desse tempo para organização pessoal. Recomendo a todos pararem e olharem para suas coisas. Olhem para dentro e olhem para tudo que está ao redor. Precisamos enxergar calmamente e claramente. As ideias não caem do céu.

Eu já seguia muito empolgada com tantas novidades e possibilidades que me permiti desenvolver, porém, em mais um insight da madrugada (sempre são na madrugada), me vi fotografando novamente. Nesse momento minha cidade estava flexibilizando a circulação de pessoas, entretanto, minha ideia não exigiria que eu rompesse o distanciamento social.

Como num flash de luz recebi o nome “Janelas”.

Óbvio! Vou fotografar as pessoas através de suas janelas. Por que não? Elas iriam desejar isso? Acreditei que sim, pois, todos vivemos loucamente e sempre sem tempo para nada. Nunca temos tempo para fazer juntos as refeições, para ver filmes com os filhos ou para sentar e jogar ou para ler livros.

Será que não temos de fato esse tempo ou será que ficamos nos justificando por não realizar o que deveríamos ou gostaríamos?… E de repente o mundo parou… E agora? Agora os pais ficaram com seus filhos. As famílias precisaram ficar reunidas. Eu acreditava que muitas coisas boas estavam acontecendo nessas casas. Muitas situações e experiências sendo vivenciadas. Não só de sofrimento se vive numa quarentena.

Luciana Martins

Compreendendo tudo isso, percebi que eu poderia contar histórias através de janelas de diversas famílias. Registrar suas alegrias, desafios, inovações ou até mesmo suas dores se assim desejarem. Assim nasceu o Projeto Janelas, uma mensagem para o futuro.

Isso tudo vai passar em algum momento e de alguma maneira. E o que podemos deixar de tudo isso? Quais aprendizados, experiências e memórias? O que nossas crianças poderão contar sobre o que viveram?

Compartilho com vocês a transcrição de dois depoimentos que recebi:

“A Luciana já é nossa fotógrafa há algum tempo e eu gosto muito da proposta e expressão do trabalho dela, que é fotografia de vida. Ela capta momentos reais da nossa vida. Utiliza de um tratamento sutil, não transformando as pessoas, nos deixa à vontade, captando a energia e alegria das crianças. Ela teve um impacto muito grande no seu trabalho com a necessidade do distanciamento social. Quando ela apresentou seu Projeto através de suas plataformas eu achei isso fantástico. Meus filhos vão poder contar para os seus netos que uma vez aconteceu uma pandemia, que todos precisaram se distanciar dos amigos e das famílias. E eles vão ter registros para mostrar, deles crianças, em casa, brincando, lendo, fazendo suas aulas à distância e tendo seus pais 100% do tempo com eles em casa. Teremos uma recordação eterna e inesquecível.” (Marcela Marquezan)

“A Luciana é uma mulher fantástica, super talentosa e criativa. Eu já sou cliente dela, inclusive a conheci por meio de outro projeto lindo chamado “Crescer“, no qual ela fotografa o momento escolar das crianças. Quando ela lançou o Projeto Janelas, eu achei espetacular. Esse projeto possibilita um registro concreto de todas as angústias e preocupações que estamos vivendo e as crianças também, mas de forma singular. A nossa experiência de participar desse projeto foi muito gostosa, envolveu tanto uma preparação porque eu queria que as crianças refletissem sobre o que o tempo da quarentena representa e o que podemos aprender com esse episódio. Além de ser um momento de reflexão, o isolamento tem representado um momento de intensas trocas familiares, de muitas conexões e muita ludicidade na rotina das crianças. O trabalho da Luciana captou com muita sensibilidade esse momento.” (Aline Siqueira)

Luciana Martins
Luciana Martins
Luciana Martins

Dessa forma, tenho certeza que alcancei meu objetivo principal. Gerar registros que serão guardados como tesouros, pois, são recortes da vida num momento histórico e peculiar dessa época. Enxerguei muito amor, carinho, cuidado e dedicação nessas famílias. Trabalhei sorrindo, com olhos marejados e coração pulsante.

Irei seguir buscando formas de trabalhar no que acredito, mesmo em meio a tantas circunstâncias difíceis, com todos os cuidados necessários, agradecendo sempre pela minha saúde.

Que Deus continue me concedendo saúde e energia.

Não quero parar.

Texto e fotos: Luciana Martins


Site:
Luciana Martins Site

Instagram:
Luciana Martins Instagram

Facebook:
Luciana Martins Facebook


Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para [email protected] com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.