Transições de Poses Newborn


O William é mestre em fotografia newborn, palestrante internacional, ministra workshops e mentoring.
Já premiado pelo Outstanding Maternity Award e Juiz em nossa 2ª temporada, traz esta semana 04 dicas para transição de poses do bebê.
Leiam, compartilhem e comentem. Queremos ouvir você.

Transições de Poses Newborn

A primeira coisa que devemos sempre ter em mente é a segurança do bebê!
Algumas poses e transições exigem um pouco mais de prática e de habilidade, sendo assim, digo que jamais você deverá fazer qualquer tipo de pose ou transição a qual ainda não está apto ou ainda não se sente seguro para fazer.
O fato é que quando iniciamos na carreira de fotógrafos newborn, queremos fazer exatamente aquelas poses incrivelmente lindas, bem executadas, bem compostas, luz perfeita, enfim… a verdade é que sem nos darmos conta de que não conseguimos observar todos estes fatores acima descritos, achamos “aquela imagem incrível” (de outros fotógrafos) exatamente por que antes de executá-la, ela foi detalhadamente pensada, o que é primordial para alcançar o objetivo: Arrancar suspiros de pais e admiração de outros profissionais .
No afã de tentar replicar poses de difícil execução, muitos acreditam que apenas uma pose destas os tornarão excelentes fotógrafos… é muito engano!
O meu volume de trabalho e experiência com bebês recém-nascidos, me fez criar meu próprio fluxo de tralho. Cada profissional encontrou a melhor maneira de fazer a mesma coisa do seu próprio jeito e com isso alcançar resultados incríveis, veja, meu fluxo começa simples e vai atingindo diferentes graus de execução ate o final da sessão com a foto junto aos pais.

A foto abaixo é meu primeiro passo.
Enrolar o bebê no tecido (wrap) o deixa mais calmo e confortável. Está sensação, esta pressão que ele sente, o remete ao útero.
Partindo deste princípio, e sempre deixando o cesto numa posição pelo menos 15% de inclinação, para que não haja desconforto do bebê em caso de
refluxo ou gases, sua cabeça estará um pouco mais alta que seu estômago e com isso ele poderá eliminar possíveis gases e conseguiremos fazer mais fotos.
Neste momento eu aproveito apenas para trocar os acessórios, como toucas e lacinhos e tirar as mãos do bebê para fora do wrap assim consigo maior número de fotos e possiblidades de ter material mais rico dentro da mesma pose.

 

William Espósito

 

Fotografar recém-nascidos realmente requer bastante técnica e muita, muita paciência. Todo o ensaio newborn é determinado pelo bebê no dia da sessão.
Cada um é único.
Existem as técnicas para acalmá-los e existe um guia de alimentação que a mãe deve evitar 72 horas antes do ensaio (evitando cólicas, etc).
Porém, devemos respeitar as pausas para mamada, suas cólicas (se houver) e afins.
Nesta foto, ele bocejou e foi o momento correto de clicar.
Sorte? Talvez não!
Porém eu estava com a câmera em mãos no momento exato em que deveria ter feito o clic.
Planejamento, paciência e determinação irão te guiar no caminho correto para captar os momentos mais preciosos como um sorriso, por exemplo, que nada mais é que apenas reflexo do bebê (é quando ele entra em sono Não-REM, e começa a mexer os olhinhos dai provavelmente neste instante irá brotar o sorriso e você deve estar preparado)
Nesta foto só retirei o wrap da primeira foto, pois, ele já estava com esta roupa por baixo, dai mexi o mínimo, para não atrapalhar seu sono e conseguir esta imagem, que na lista das minhas preferidas.

 

William Espósito

 

Algumas imagens que fazemos são montagens realizadas para garantir a segurança do bebê.
É claro que ele não estava pendurado a esta altura, o filtro dos sonhos estava no máximo 15 cm do chão e minha assistente com as mãos bem próximas para que qualquer reflexo ou movimento brusco, comum aos bebês.
Após fazer a primeira imagem, fundimos a segunda imagem com o fundo e assim conseguimos este resultado.
Colocar o bebê de bruços não é tarefa muito fácil. Devemos respeitar sua flexibilidade sem forçar as articulações e pescoço. Com leves pressões você já sentirá seu limite e jamais tente forçá-los.
Ainda em seu colo o ideal e já virar o bebê de bruços deixando suas mãos já posicionadas abaixo do queixo e cruzadas para colocá-lo diretamente dentro do cesto ou no filtro dos sonhos, desta maneira irá ajudar a posicioná-lo exatamente da maneira na qual ele deverá ficar no prop e sendo pouco invasivo, evitando incomodar ou acordar o bebê.

 

William Espósito

 

Nesta imagem vimos outra montagem garantindo a segurança do bebê.
Após fazermos a foto no filtro dos sonhos, o bebê já esta de bruços e sendo assim fica mais fácil a transição para outro prop.
Com bastante cuidado e delicadeza ao movê-lo de um cesto a outro, sempre peça ajuda de seu assistente.
Para realizar esta imagem conhecida como FROG ou SAPINHO, fazemos duas fotos:
A primeira com a assistente segurando a cabeça do bebê e a segunda foto segurando os dois braços posicionados adequadamente.
Na pós-produção fazemos a fusão das imagens.
Diferente da foto anterior esta fusão e feita colocando-se as fotos sobrepostas em camadas no Photoshop.
Com bastante paciência, com diferentes opacidades para que consigamos enxergar as duas camadas, vamos apagando partes que não nos interessa e deixando assim apenas as partes onde aos mãos do assistente não aparecerão.
Depois basta achatar a imagem e pronto: a foto está lá! (como se o bebe realmente estivesse sozinho nesta pose).

Vale lembrar que todas as poses de bruços com as mãos abaixo do queixo do bebê, dependendo da posição que se encontra, acaba prendendo o fluxo sanguíneo e é comum vermos fotos com mãos e braços avermelhados devido a pressão da cabeça que representa 70% do peso do corpo.
Exatamente por isso é importante não demorar em fazer o clic. Seja breve.
Caso você seja iniciante nessas técnicas, sugiro que faça entre 3 a 5 min.
Se for demorar mais que estes minutos, alivie o peso sobre as mãos segurando gentilmente vez ou outra a cabeça do bebê, aliviando o peso e evitando correções na pós-produção.

 

William Espósito

 

Bom, estas são dicas preciosas.

Espero que gostem e possam aplicar no seu dia a dia. Depois me contem dos resultados, vocês ganharão tempo numa sessão e farão clics incríveis!!!

Texto e fotos: William Esposito

Site:
William Esposito Studio


Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para outstandingawards@gmail.com com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *