5 dicas de como fotografar em casa na quarentena.

Se já nos sentimos entediados ao fotografar na mesma praia, no mesmo campo ou no mesmo bairro que vamos sempre, imagine-se tendo que reinventar o mais comum dos lugares ao seus olhos…
Mas foi isso mesmo que o Robson Nakamura fez como autodesafio e autoconhecimento. Nem é preciso dizer como esta matéria ficou maravilhosa, única (como esta série de fotos) e ainda com dicas ao final.

Boa Leitura.

5 dicas de como fotografar em casa na quarentena.

A quarentena tem sido um período difícil para todos nós, não é mesmo? Tivemos que nos moldar e organizar para o incerto. Mas será que a quarentena tem algum ponto positivo?

A maioria de nós tem a palavra “correria” muito freqüente em nossos discursos, muitas vezes a usamos como desculpa para não “colocarmos planos em prática”. Então me diz: Nesse tempo de “calmaria”, o que está fazendo?
Por conta do isolamento estou trabalhando em Home Office, algo totalmente novo para mim. Trouxe o computador do estúdio para dar andamentos às edições, mas também fiz questão de trazer a câmera e minha lente preferida, mesmo não sabendo o que faria, eu não queria ficar parado.

Logo no primeiro dia de quarentena desafiei-me a fotografar em casa, este ambiente (talvez) pouco sugestivo, que nos tira da nossa zona de conforto. Acho ótimo!
Além de fotografar, propus gravar alguns vídeos para mostar como elaboraria as fotos. A intenção era ao mesmo tempo transmitir conhecimento, inspirar os amigos fotógrafos e transformar o ambiente cotidiano como eu nunca tinha tentado.

Esse exercício desafiou minha criatividade, instigou-me a continuar dia após dia buscando composições, texturas e idéias diferentes, e consequentemente manter-me mais preparado e sensível para as cenas que fotografarei pós-quarentena.

Nunca imaginei o quanto registrar minha família, em seu mais intimo cotidiano, fosse tão libertador para me conhecer melhor como fotógrafo de família!
Durante todo esse exercício, usei somente a Nikon D750 com 50mm Sigma Art 1.4.

Caso você tenha se identificado com tudo que fiz, quero dar mais 5 dicas para fotografar em casa:

  1. Casa de ferreiro, espeto de pau: Talvez sua própria família, e/ou seu ambiente familiar tenham poucos momentos eternizados em fotografias. Isto já é bom motivo para fazer o “dever de casa” (com o perdão do trocadilho…rs…).
  2. Grave vídeos do que está fazendo: As pessoas adoram ver o resultado final, mas os bastidores podem inspirar e motivar, afinal, a idéia é que outros possam fazer um trabalho semelhante.
  3. Menos é Mais: Tente fazer mínimo uso de difusores, lentes e acessórios. Aproveite para tirar o máximo do equipamento que tem em mãos.
  4. Compartilhe momentos: As pessoas que se identificarem com seu projeto, além do engajamento no processo, terão essa experiência única nesse período que precisamos e devemos nos manter conectados.
  5. Viva as experimentações: Desafie-se naquela edição diferenciada, mais ousada e diferente do habitual.

Eu acredito que muitos sairão dessa quarentena melhor do que entraram.
Obrigado por me acompanhar, grande abraço, e “borá” clicar!

Para conhecer mais do meu trabalho nesta e outra fases e ver os bastidores dessa sequencia, visite:

www.instagram.com/nakamurafotografia

Texto e fotos: Robson Nakamura


Instagram:
Meu Instagram


Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para [email protected] com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *