Foto: Maria Messing Hohenmölsen (Alemanha)
Categorias:

6 razões do porquê as ideias pegam

Entenda como uma ideia “pega” através de um paralelo entre a carreira de fotógrafo e uma premiação de fotografia

Foto: Robson Nakamura
Foto: Robson Nakamura

Lendo o livro “Contágio” de Jonah Berger, no qual ele discursa sobre viárias vertentes que explicam “Porque uma ideia pega” resolvi traçar um paralelo entre nossas carreiras e a premiação “Outstanding Maternity Award”. Leia até o final porque você vai gostar!

1. Boca a boca. Acredito que todos sabem que é muito mais fácil fechar contrato quando se é indicado por outra noiva, certo? Segundo Berger (e a experiência empírica corrobora esse fato), o boca a boca é a ferramenta mais poderosa para divulgação e credibilidade de uma marca. Nossa premiação é totalmente baseada nessa credibilidade que se espalhou pelo mercado de fotografia de família e maternidade. Por isso, cuide de sua imagem. Ter credibilidade (entre outras qualidades) fará seu nome se espalhar;

2. A moeda social. Fazer parte de algo que você e sua comunidade julgam importantes gera a tão desejada “moeda social”, as quais terão orgulho em compartilhar com amigos e familiares. Vou dar um claro exemplo sobre isto: o Wedding Brasil. A grande maioria de nós deseja estar em algum de seus palcos porque é importante para nossas carreiras (seja no âmbito pessoal ou profissional). Também porque temos orgulho em compartilhar esse acontecimento. E é assim que os fotógrafos de família e maternidade escrevem para mim e deixam seus depoimentos nas redes sociais: sentem orgulho em fazer parte do Outstanding;

Foto: Maria Messing Hohenmölsen (Alemanha)
Foto: Maria Messing Hohenmölsen (Alemanha)

3. O mundo do eu. E o reconhecimento nos leva à nossa terceira razão. Alguns afirmam que fazer parte de redes sociais é valorizar o “eu”. Poder falar somente de si. Porém quando esta ferramenta é usada de modo sábio, tudo conspira a seu favor. Costumo dizer que pessoas boas usam as redes como marketing do bem. Estudos científicos de Harvard comprovam que divulgar informações sobre nosso “eu” é psicologicamente recompensador e que faz parte do ser humano sentir prazer ao falar de si e quando falam sobre você. Todos desejam ser reconhecidos profissionalmente;

4. Nunca desistir. Sabe quando você tem uma ideia, mas metade do mundo acha que você pirou? Quando idealizamos e lançamos o Outstanding Maternity Award, premiação dedicada ao fotógrafo de família e maternidade, não faltou quem dissesse que era coisa de maluco. Inclusive nas três primeiras temporadas a única que nos apoiou foi a Editora Photos. Imaginem que mundialmente não existia tão premiação. Só em nossa última temporada foram mais de 1.100 fotos com participação de 17 fotógrafos estrangeiros. É sem duvida alguma a premiação nacional com maior engajamento de fotógrafos de outros países. É assim que deve ser a sua carreira, quando muita gente disser que sua ideia não vai dar certo, vá até o fim porque dará;

Foto: Diego Frigo
Foto: Diego Frigo

5. Faça valer a pena. Porém, não somos apenas uma premiação. Queríamos algo que fosse o lugar de encontro de grandes talentos. A fotografia de família e maternidade merece ter seu devido valor. E nossa comunidade tem dois grandes canais abertos para o fotógrafo: nosso grupo no Facebook e nosso Blog (onde os fotógrafos sugerem ideias e são convidados a escrever). Vejo muitos fotógrafos que após a premiação fazem parte de congressos tanto online como presencial. E este deve ser o objetivo: fazer valer a pena. Então, faça valer a pena para cada casal que contratou você. Faça que seu trabalho marque a vida deles;

6. E os que vierem depois. Você nunca será o único em nada, seja qual for sua ideia, mas ser o primeiro é o grande negócio. Antes do Outstanding não existia tal premiação no mundo (vejam bem, no mundo eu disse). E depois do Outstanding outras associações “voltaram sua atenção” à fotografia de família. Ficamos felizes com isso, pois, quem ganha é a comunidade, mas a lição que fica aqui (e que vocês devem aplicar na sua vida profissional) é: quem fez primeiro será lembrado e os outros… Serão os outros. No artigo passado falei sobre álbuns. Se na sua cidade todos oferecem quase o mesmo tipo de álbum, procure algo diferente, os outros que vierem depois…. Bom agora você já sabe… Pense nisso!

Foto: Fernanda Alencar
Foto: Fernanda Alencar

 

E conheça mais sobre este lindo projeto aqui.

 

Texto e fotos: Marcos Pellegrini
Site: Lentes Claras

Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para outstandingawards@gmail.com com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.