5 dicas para que seus clientes acreditem em suas ideias

Esta semana trazemos cinco dicas que poderá fazer a diferença entre o melhor resultado e o resultado mediano, ou seja, em outras palavras, encontrar o que você busca de modo mais efetivo e do jeito que deseja.
O Robson leva tanto a sério estas dicas que desta série, teve uma foto premiada na 4ª temporada Outstanding Maternity Award.
Acredito que não existe melhor recompensa do que dar seu melhor, com a cabeça cheia de ideias, ter seu trabalho reconhecido internacionalmente e ser visto por mais 81 mil pessoas ao redor do mundo e ainda poder compartilhar essa experiência com a comunidade.
Leiam até o fim, pois, lá está o melhor!!
Agora com vocês Robson Nakamura…

5 dicas para que seus clientes acreditem em suas ideias

Robson Nakamura

 

Olá! Tudo bem? Sou Robson Nakamura, esposo e aprendiz de tudo um pouco. Sou professor de arte apaixonado por desenhar a grafite, aliás, esse foi o motivo principal para entrar no mundo da fotografia, pois, queria congelar momentos pelo meu olhar e depois passar isso através do lápis.
E tudo já começou difícil, guardei dinheiro muito tempo para comprar a câmera, e quando consegui, caí nesses “golpes de internet” e estou esperando essa máquina até hoje…
Estou nesse mundo há cerca de 5 anos, fotografando casamentos, eventos sociais, mas foi no momento que decidi me focar nas fotografias de família que meu mundo mudou. E cá estou, com inúmeras histórias contadas, e milhares de histórias pra contar!
Hoje, gostaria de compartilhar a história do Zack, filho de tatuadores ousados, que quase teve suas fotos na barriga da mamãe com fundo de cachoeira….rs…

Vamos mudar essa ideia?

Em uma sessão de tatuagens, eu e minha esposa, soubemos que Ana e o Cris esperavam o Zack e desde então a mamãe já almejava o tão sonhado ensaio gestante. E eu vendo aquele casal jovem, lindo, com tatuagens para dar e vender, comecei a “pirar naquele ensaio inusitado”.
O tempo passou e a mamãe entrou em contato para marcarmos as fotos. E a primeira fala dela foi:
“ Você conhece algum lugar com cachoeira por aqui?”
Quase que minhas idéias todas foram afogadas “naquela cachoeira”….rs….
Decidi então abrir o jogo com eles e expus sairmos do tradicional. Eles têm esse estúdio de tatuagens irado que seria o cenário perfeito para eternizar esse momento.
A princípio não aderiram tão bem assim, talvez fosse por ser local muito comum para eles, mas pensariam com carinho.
Dias depois recebo mensagem da mamãe, sugerindo o estilo Pin Up. Com sorriso de orelha a orelha respondi que sim, claro, e minha cabeça voltou a borbulhar de idéias.
Para o ensaio levei fundos de lona, tocha com Octobox e Speedlite. Por ser ambiente fechado, quis trabalhar com luz pontual, mas que também fosse suave. Era preciso evidenciar o clima sublime e terno por conta da gestação, mas a luz bem postada seria fundamental para as tattoos deles e para as características da locação. Preparei o mini-estúdio na sala que funciona como barbearia, no mesmo prédio do estúdio, e aguardei a chegada deles.

Robson Nakamura Robson Nakamura

Ela chegou imponente, com sua cabeleira vermelha, senti que estavam prontos para dar o melhor. Nessas horas a gente sente essa responsabilidade enorme e ao mesmo tempo aquela vontade de ficar ali clicando por dias!
Foi uma tarde que se estendeu noite adentro… brincamos de fotografar como nunca.
O resultado me satisfez muito e os papais não acreditavam como aquele ambiente, tão habitual para eles, fosse eternizar esse momento mais que especial.
O tempo se passou, Zack veio cheio de saúde, loirinho, com um senhor moicano. Agendamos o ensaio newborn… e deveria ser fora do comum.
Dessa vez, o estúdio fotográfico foi nosso local escolhido. Ambiente mais apropriado para esse tipo de ensaio, em minha opinião.
Pedi que trouxessem acessórios de tatuagens, afinal, essa será a rotina de Zack daqui pra frente.
Ele foi fofo durante as fotos. Branquinho, se perdeu em meio as tattoos dos pais.
Ao deitar a cabeça no travesseiro aquele dia, só tinha a agradecer. Sabemos o quão difícil é, mas a recompensa está nos olhos de quem vê!

Robson Nakamura Robson Nakamura

Dicas para o cliente confiar em suas idéias:

1. Confie em suas ideias sempre. Se algo passou por sua mente, execute-a, caso contrário, isso passará pela cabeça de alguém pronto pra arriscar.
2. Diálogo, diálogo, diálogo… Suas ideias só parecerão boas se forem acompanhadas de uma série de argumentos, e esses precisam fazer sentido.
3. Entenda o perfil de seu cliente. Não adianta forçar a situação que não está na conduta de vida das pessoas. Elas precisam se sentir a vontade, e principalmente, precisam estar felizes com o que estão fazendo.
4. Tenha boas referências. Ser criativo não é só somente dom e sim resultado de muita luta e transpiração. Mas tudo isso só será válido se o cliente enxergar os resultados. Tenha em seu portfólio material suficiente para que eles estejam convencidos que escolheram o profissional certo.
5. Não crie expectativas. Por mais que você acorde sabendo que tem grande desafio para o seu dia, criar expectativas fará com que suas idéias se limitem e sua energia talvez não acompanhe seus raciocínios. Compreenda que deve sempre deixar espaço para inconveniências e improvisos, mas esteja preparado para isto.

 

Texto e fotos: Robson Nakamura

Facebook: Robson Nakamura


Você curtiu essa matéria? Quer ser um colaborador também? Escreva para outstandingawards@gmail.com com o título “Blog Outstanding” para saber como e quando enviar seu artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *